Emsurb quer novo laudo com causas da morte de peixes na Sementeira

0
Peixes têm aparecido mortos na margem dos lagos (Foto: Portal Infonet)

As principais suspeitas de provocarem a mortandade de peixes nos lagos do Parque Augusto Franco (Sementeira) apontam para uma superpopulação no local, alta temperatura e baixo nível da água. Apesar disso, a Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb) tem avaliado a contratação de uma empresa para análise do local. Não há previsão de quando o laudo será realizado.

De acordo com a assessoria de comunicação da pasta, a ideia é que essa nova análise traga mais detalhes sobre o que, de fato, está provocando a mortandade. No dia 2 de janeiro, centenas de peixes foram encontrados mortos no lago do Parque. A mesma cena já se repetiu em outros anos.

Em entrevista para nossa reportagem na primeira semana de 2019, o presidente da Emsurb, Luiz Roberto, afirmou que estudaria a possibilidade da pescaria no lago para reduzir a população de peixes, mas só haverá uma decisão nesse sentido com os resultados da nova análise.

Por Ícaro Novaes

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais