Encontro discute democratização da comunicação

0

Criada no final de fevereiro, a Comissão Estadual de Sergipe Pró-Conferência Nacional de Comunicação, realiza, nesta quinta-feira, 19, debate sobre “A participação popular como forma de democratizar a comunicação”.

O evento acontece às 19h, no auditório da Central Única dos Trabalhadores CUT/SE, localizado na Rua Porto da Folha, nº 1039. Cirurgia, em Aracaju. O encontro faz parte de um clico de palestras que objetivam a mobilização das entidades da sociedade civil para a discussão da importância da comunicação como um direito humano essencial.

“Vivemos um momento ímpar para todos que militam em movimentos sociais. Finalmente temos uma possibilidade de criar marcos para a Comunicação no Brasil. Por isso, pedimos a todos, que venham somar força junto à Comissão Estadual Pró-Conferência Nacional de Comunicação”, diz o presidente do Sindicato dos Jornalistas de Sergipe, George Washington. 

De acordo com a representante da Intervozes em Sergipe, Ana Carolina Westrup, a Conferência Nacional é um importante espaço para a sociedade discutir e decidir o modelo de comunicação que quer. “Já basta desse modelo que aí se encontra: centralizado na mão de poucas famílias que dominam a mídia no país e que não responde pelos anseios da grande massa de brasileiros. Sergipe pode e deve contribuir muito para isto”, defende ela.

De acordo com o representante dos estudantes de Comunicação na comissão, Henrique Maynart, é hora da sociedade civil buscar ter vez e voz quando o assunto é comunicação. “A comissão está aberta à participação de todos, independentemente de partido ou orientação ideológica, mas convocamos principalmente os setores da sociedade sergipana que são excluídos ou são permanente vítimas de uma mídia coronelista e oligopolizada.

Com informações da CUT/SE

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais