Energisa quer evitar mortes na rede elétrica

0

Eduardo Alves,diretor-presidente da Energisa
Foram registrados nos últimos anos, 32 acidentes fatais ligados à rede elétrica em Sergipe. Com o objetivo de reduzir o número de mortes, a Empresa Energética de Sergipe (Energisa), lançou na manhã desta segunda-feira, 3, a III Semana Nacional da Segurança da População. No país, foram registradas de 2001 a 2007, as mortes de 4.876 pessoas, sendo as principais causas: construção ou manutenção predial, instalação ou reparos de antenas de TV, ligações elétricas clandestinas, pipas e papagaios, cabos energizados no solo, obras em vias públicas e podas de árvores.

Para o diretor-presidente da Energisa, Eduardo Alves Mantovani, a campanha pretende chamar a atenção das comunidades da importância de não se expor à rede elétrica. “É uma campanha em defesa da vida. Estaremos distribuindo folhetos de fácil leitura entre os moradores da capital e da zona rural. Isso além da conscientização através da mídia e de educadores nas mais distantes instâncias”, esclarece Mantovani.

No meio rural, a maioria dos acidentes junto à rede elétrica, acontece por conta do uso indevido de foices, enxadas, facões, por parte dos lavradores, sem contar com as queimadas, pois o calor ioniza o ar e pode gerar curtos-circuitos e a quebra de cabos.  “Já no meio urbano, o maior problema são as ligações clandestinas, apesar de que aqui em Sergipe, o número de acidentes está diminuindo, com certeza por conta dessas campanhas de conscientização junto às empresas e às comunidades”, enfatiza o diretor-presidente da Energisa.

Ele disse ainda que a idéia é fazer dessa campanha uma preocupação permanente, através de outros eventos a exemplo do Energia Total.  “Esse trabalho é feito nas comunidades com equipes teatrais, joguinhos, folders. O último foi desenvolvido no bairro Santa Maria. O grande mote é a conscientização da comunidade quanto aos cuidados com a rede elétrica. Não se deve mexer no que não se conhece”, alerta Eduardo Mantovani. 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais