Entrega do “Símbolo da Amamentação” encerra atividades da Semana Mundial em Sergipe

0

Flávio Lima apresenta o “Símbolo da Amamentação”
O Banco de Leite Humano “Marly Sarney” realizou, agora há pouco, o encerramento em Sergipe da Semana Mundial da Amamentação. O evento contou com a presença de diversas autoridades da área de saúde no Estado e com mães doadoras do Banco. Além de coquetel e sorteio de brindes, houve homenagem com o “Símbolo da Amamentação” às entidades parceiras, dentre elas a InfoNet.

 

O símbolo, segundo informações de Flávio Lima, assessor de comunicação do Hospital João Alves Filho e cerimonialista do evento, é um laço de iniciativa da Unicef. O dourado traz em si a simbologia de que a amamentação tem um “padrão ouro”; um lado do laço

Jozabel da Silva Dias, mãe doadora, recebe homenagem
representa a mãe e o outro o filho, que mostra através de sua simetria a importância das duas  partes no processo; o nó é uma representação do pai, o apoio na concepção da vida; as pontas do laço indicam o futuro, lembrando às mães a importância de manter a amamentação após os seis meses, juntamente com a complementação alimentar.

 

A primeira a receber a homenagem foi Jozabel da Silva Dias, uma mãe do Banco de Leite Humano “Marly Sarney”, que tanto doa ao Banco como amamenta. Ela recebeu o laço da secretária adjunta da Saúde, Maria José Evangelista, que fez um apelo às mães: “Sejam 

“Um ato que tem amor, alimento e saúde” (Renata Lemos, InfoNet)
multiplicadoras deste trabalho”. A InfoNet foi representada no evento pela funcionária Renata Lemos, que transmitiu a colaboração da empresa à causa. “A amamentação é por demais importante, pois em um ato que tem amor, alimento e saúde. É um grande prazer para a InfoNet colaborar”, diz Renata, ressaltando que o sitewww.infonet.com.br/aleitamento -, construído em parceria com a Alfama Web, tem sido bem visitado e que as pessoas continuam fazendo perguntas aos especialistas pela Internet.

 

Segundo informações de Magali Dias de Carvalho, pediatra e organizadora em Sergipe da Semana Mundial da Amamentação, o site tem tido um retorno satisfatório pois a ONG Origem – uma das maiores

Toninho Garcez (Alfama Web) recebe homenagem das mãos da pediatra Magali Dias
do Brasil nesta área – indicou o mesmo a diversas entidades como fonte de consulta. “Iremos continuar com este trabalho através do site. Reforço às mães que na década de 70 o índice de mortalidade era grande devido à falta do aleitamento, mas agora, tanto em Sergipe como em todo o Brasil, temos quase 50% das crianças só amamentadas até os seis meses, ou seja, que só se alimentam do leite materno. É um alimento natural e gratuito. Devemos trabalhar agora mais fortemente também na família a conscientização da  importância da amamentação, principalmente com a figura do pai”, diz ela.

 

Para a coordenadora do Banco de Leite, Hélia Karla Agapita, a

Agapita diz que Banco atende em média 500 pessoas por mês
entidade tem cumprido seu papel, atendendo em média 500 pessoas por mês nas mais diversas  áreas. “Esta é uma entidade do Estado e está aberta a qualquer pessoa, não apenas àqueles que têm acesso ao Ipes e ao SUS. Funcionamos há mais de 10 anos, dando orientações, palestras a estudantes e gestantes sobre o aleitamento e os cuidados com as mamas, dentre outras informações. O leite é um alimento completo de fonte renovável, sem contaminação e que vem numa embalagem mais que perfeita”, informou Agapita.

 

Quem fez o encerramento do evento foi o grupo teatral do Hospital João Alves Filho, com a peça “A Importância do Aleitamento Materno”. Para aqueles que desejam saber mais sobre o assunto ou fazer doações ao Banco de Leite Humano “Marly Sarney”, basta acessar o site www.infonet.com.br/aleitamento ou telefonar para (0xx79) 226-6335.

 

 

Confira a galeria de fotos do evento.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais