Especialista em Transposição vem a Aracaju

0

As discussões e manifestações contra a transposição do rio São Francisco continuam a pipocar em todo o Estado. Ontem, a Assembléia Legislativa realizou uma assembléia extraordinária auto-convocada. Hoje, foi a vez da Câmara Municipal de Aracaju. Porém, órgãos como a OAB e algumas entidades de classe também vêm se unindo contra a transposição.

 

Amanhã, dia 27, às 19 horas, no auditório do Banese, agência Augusto Maynard, o professor-doutor da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, João Abner Guimarães Júnior, será convidado para tratar do assunto em uma palestra aberta para o público. De acordo com a assessoria da deputada Ana Lúcia e do professor Iran Barbosa, organizadores do evento, o convidado é o maior especialista em transposição do Brasil.

 

O especialista irá discutir o impacto do projeto sobre o Nordeste. “O interessante é que o professor Abner é do Rio Grande do Norte, um estado teoricamente beneficiados com as águas da transposição, e ele é contra e prova que o projeto do Governo Lula é maléfico para as bacias doadoras e receptoras”, disse a deputada.

 

Abner se especializou em Hidrologia e se tornou consultor voluntário do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco. O especialista comanda uma equipe de técnicos da
UFRN que realiza alguns estudos sobre o rio. Ainda segundo a assessoria da deputada, Abner deve dizer que o único objetivo da transposição é econômico e não para matar a sede do povo nordestino e dos animais da região Setentrional.

 

 

O Velho Chico e seus 503 anos

 

Em 4 de outubro de 1501, era descoberto o Rio São Francisco pelos viajantes Américo Vespúcio e André Gonçalves. À época, eles não deviam saber, mas logo logo o São Francisco seria considerado o “rio da unidade nacional”. O Sâo Francisco nasce na Região mais próspera do Brasil, o Sudeste, e atravessa a pobreza nordestina.

 

O primeiro nome do Velho Chico foi Opara. Os nome dado pelos índios significava rio-mar e mostrava a grandeza de outrora. Logo depois, recebeu o nome de São Francisco em homenagem a São Francisco de Assis, nascido na Itália.

 

O São Francisco nasce na serra da Canastra no município de Piumi, oeste de Minas Gerais e desemboca na Praia do Peba no estado de Alagoas, na divisa com Sergipe. Foi o Velho Chico, também, responsável pelo transporte e criação de gado (às suas margens), no período colonial. O rio era usado para unir o Nordeste ao Centro-Oeste e ao Sudeste.

 

Ao todo, são 3.163 quilômetros quadrados de extensão e uma bacia com 640.000 quilômetros quadrados de área, o que equivale a sete vezes o país de Portugal. Hoje, ele ainda é considerado o terceiro maior rio brasileiro.

 

 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais