Esposa e enteados são suspeitos de assassinar um PM

0
(Foto: Polícia/ cedida ao Portal Infonet)

Poucas horas após o crime brutal onde um cabo da Polícia Militar, Jeová Santos, foi alvejado e morto dentro da residência, enquanto dormia, a Polícia conseguiu desvendar o assassinato e colocar atrás das grades a esposa da vítima.

A equipe do Portal Infonet conversou com policiais que ouviram a esposa do militar, identificada como Andrea Santos Coelho. De acordo com a polícia, a mulher afirmou que o cabo tinha sido morto por bandidos encapuzados que invadiram a residência, localizada no conjunto Parque dos Faróis, em Nossa Senhora do Socorro e após disparar contra o esposo, levaram a pistola do mesmo. O crime ocorreu no último sábado,8.

Ainda na noite de ontem,8, a polícia questionou Andrea sobre os fatos do crime. A esposa do militar entrou em contradição e chegou a afirmar que o seu filho mais velho, identificado como Cleverton Coelho Santos, de 19 anos, teria matado Jeová Santos por conta de uma briga, mas a versão foi derrubada pelo filho mais novo de Andrea. Segundo a Polícia, foi o adolescente, que confessou e contou para a polícia que o crime foi articulado pela mãe.

O cabo da PM acompanhado de Andre

O adolescente de 12 anos, que é enteado da vítima, disse que há uma semana o crime foi planejado e que no último sábado, 8, o policial havia ingerido bebida alcoólica e dormido cedo. Foi quando, segundo o depoimento do adolescente, a mãe pediu que ele fosse avisar a Cleverton, que chegou a residência e atirou enquanto Jeová dormia e levou a pistola ponto 40 da vítima. A motivação, segundo declarou a mulher para a polícia, foi que o cabo iria pedir a separação.

A equipe da 4ª divisão do Departamento de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP) é a responsável pela investigação. A polícia, agora permanece à procura de Cleverton Coelho que permanece foragido. O adolescente, de 12 anos, foi apreendido e a mãe, Andrea Coelho, permanece presa.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais