Estância faz aniversário com catálogo

0

Comemorando seus 153 anos de vida independente (antes, era uma vila de Santa Luzia), Estância fez uma bonita festa na 6ª feira que praticamente durou todo o dia. Além de inaugurações de muitas obras públicas pelo prefeito Geovani Bento, duas cerimônias mostram o quanto mudou o município desde que o Prefeito José Nelson deixou a prefeitura num estado catastrófico no dia 1º de janeiro. Numa delas, a Secretaria Municipal de Educação patrocinou o lançamento do livro Catalógo dos Jornais Estancianos, 1832-2000, um trabalho de pesquisa de Márcia Regina de Andrade que durou exatamente três anos. Tendia, porém, a ficar na gaveta não fosse o interesse da titular daquela pasta, professora Marieta Falcão, em promover o mundo cultural estanciano. Estância é, como se sabe, o berço da Imprensa sergipana – foi lá que nasceu o primeiro jornal sergipano, O Recopilador Sergipano, pelas mãos de Monsenhor Antônio Fernandes da Silveira, que circulou de 1832 a 1834. Ainda hoje Estância é a cidade que mais edita e faz circular jornais.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais