Estrutura de shows lucra nesta campanha

0

As gráficas podem até não estar faturando o que esperavam – afinal, esta é uma eleição sem situação, observem bem – mas há um setor da economia que está enchendo as burras nesta eleição. Quem tem som, iluminação e palco para alugar, está com o calendário tomado até o final do mês. Não adianta insistir, nem procurar: todos os sons, sistema de iluminação e palcos estão comprometidos com os candidatos, para a realização de shows e comícios. As gráficas foram prejudicadas este ano pela proibição da Justiça Eleitoral de se pregar cartazes nas fachadas das casas, comerciais ou não. O Juiz Eleitoral, Dr. José Alves Neto, mandou retirar até cartazes afixados nos postes ao longo da Avenida Barão de Maroim. Por falta de som e até de palco, é bem provável que o prefeito Gama não tenha condições de dar continuidade aos anti-comícios, nos bairros da cidade.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais