Estudante é executado a tiros dentro de escola pública

0
Corpo chega ao IML às 21h45 (Foto: Arquivo Portal Infonet)

O estudante Deilson Feitosa Lima, 18, foi executado a tiros disparados por quatro homens que invadiram uma escola pública municipal na noite desta terça-feira, 11, no bairro Santos Dumont. Os motivos ainda são desconhecidos, mas a polícia observa que o assassinato possui características de crime de execução.

Policiais militares foram mobilizados por volta das 20h por um dos professores da escola, que acionou o Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp), segundo informou o tenente-coronel Paulo César Paiva, chefe da 5ª Seção da PM – setor responsável pela Comunicação Social da corporação.

Segundo o tenente-coronel, quatro homens chegaram a pé à Escola Municipal Letícia Soares de Santana, localizada à rua General Prado, no Santos Dumont, e saíram logo após o crime. Há suspeita que havia veículos em pontos estratégicos que aguardaram o final da execução para promover a fuga.

O crime provocou pânico entre estudantes, professores e outros funcionários da instituição de ensino. “Ainda não sabemos a motivação, mas podemos afirmar que o crime possui características de execução. Só o estudante foi morto, nenhuma outra pessoa foi atingida”, observa o tenente-coronel.

O corpo da vítima chegou ao Instituto Médico Legal (IML) às 21h45 desta terça-feira, 11.

Comentários