Estudante sergipana vence prêmio do Denatran

0

Manuella Franchesca Oliveira da Costa Nascimento, aluna da 4ª série do ensino fundamental do Liceu Cultural, conquistou o primeiro lugar no V Prêmio Denatran de Educação para o Trânsito. O tema da redação escrito pela estudante, e por milhares de outras crianças e adolescentes de todo Brasil, foi “O pedestre também é responsável pela segurança”.

A estudante receberá na segunda-feira, dia 24, um certificado que será entregue pela Coordenadora de Educação para o Trânsito do Detran, às 9 horas, no Colégio Liceu Cultural. No dia 10 de novembro ele embarca para Brasília, onde receberá uma placa de homenagem do Denatran, que será entregue por Ailton Brasiliense Pires, presidente do órgão. Além de Manuela, também receberá prêmio a sua professora orientadora, Elena de Fátima Leite.

O Prêmio Denatran de Educação para o Trânsito é realizado todos os anos e tem como objetivo estimular crianças, jovens, educadores, profissionais de trânsito e de comunicação, para refletir sobre os aspectos do trânsito no contexto da cidade, da sua relação com o meio ambiente e na qualidade de vida das pessoas, de modo que a contribuir para a adoção de comportamentos que tornem o trânsito mais seguro.

SEGUNDO COLOCADO – Além de Manuella, o Estado de Sergipe ainda foi contemplado com o segundo lugar geral na categoria Profissionais de Educação para o Trânsito. Quem conquistou a posição foi o Coordenador da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) de Nossa Senhora de Socorro, Tenente Marcilio Ferreira da Silva Pontual.

DADOS – Segundo dados da Companhia de Policiamento de Trânsito (CPTran), de janeiro a julho deste ano foram registrados em Aracaju 906 acidentes, contra 1.109 no mesmo período do ano passado. Os acidentes com mortes sofreram redução ainda maior: cerca de 40% em relação ao mesmo período.

Este ano, as campanhas educativas do Detran recomeçaram no dia 1º de março, no município de Itabaiana. Entre as principais orientações fornecidas pela equipe de educadoras do órgão, o uso obrigatório do capacete, do cinto de segurança e o não uso de bebida alcóolica ao volante, foram as principais informações mais repassadas aos moradores da cidade. Também em Itabaiana houve uma redução significativa no número de acidentes.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais