Estudantes abraçam o Rio Sergipe em manifestação

0

A Frente em Defesa das Águas de Sergipe realizou essa manhã mais uma manifestação. Alunos de colégios públicos e particulares foram reunidos para um ‘abraço’ no rio Sergipe, para alertar a população dos problemas pelos quais o rio passa. Aproximadamente 1.200 estudantes  marcaram presença no ato que aconteceu na avenida Ivo do Prado desde às 8h da manhã. Eles formaram uma corrente humana de 1.600 metros.

Estavam presentes os colégios Amadeus, Arquidiocesano, Atheneu, COC São Paulo, Dom Luciano e Purificação. O jornalista Osmário Santos, líder da Frente em Defesa das Águas, estava orientando os alunos no local. “Isso prova que existe uma esperança para o meio ambiente em Sergipe, a partir de uma conscientização dos estudantes”, comentou Osmário.

O Rio Sergipe passa por 26 municípios do Estado, e em toda sua extensão recebe poluição urbana. Ao chegar em Aracaju recebe também poluição industrial. “As pessoas que estão vendo a gente vão começar a se preocupar e se questionar ‘o que está acontecendo com o rio?’ Dessa ação simbólica pode vir uma ação prática. Nós aqui estamos formando multiplicadores na medida que a gente pratica um ato de educação ambiental.” Falou o professor de biologia do Arqui, José Bezerra.

Thiago Bicudo, estudante do Curso de Biologia, participando da manifestação
Estudantes de cursos de Biologia também estavam presentes no local, para incentivar a manifestação. “Se todo mundo tivesse o pensamento que estamos tendo agora seria mais fácil conseguir o que a gente quer, e revitalização dos rios em Sergipe.”, disse o estudante do segundo período de Biologia Thiago Bicudo.

Ao todo aproximadamente 2.840 alunos de mais de 10 escolas já estão na lista de adesão ao movimento da Frente em Defesa das Águas. “A idéia é maravilhosa. É uma forma de conscientizar essa juventude sobre os cuidados com o meio ambiente. É uma mudança de mentalidade. Nós participamos do Dia de Limpeza das Praias junto com a Frente, onde os alunos viram a realidade do que está acontecendo” comentou a diretora do COC São Paulo, Maria Auxiliadora de Aboim Machado.

O vereador Iran Barbosa, representante da Câmara no Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Sergipe, esteve no local. “Essa tem que ser uma luta permanente. É preciso que o poder público assuma a responsabilidade de ações que preservem os mananciais. Na Câmara Federal eu continuarei com ações que protejam o meio-ambiente. Por exemplo, nós vamos ter que batalhar para conseguir verbas que garantam a revitalização dos nossos rios. Isso vai ter que estar inserido no orçamento, vai ter que ter ementas, vamos estudar mecanismos que garantam a preservação do nosso meio ambiente como um todo. Essa será uma bandeira de pesquisa e de estudo constante” declarou o recém-eleito deputado-federal.

 

 

 


 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais