Estudo de impacto ambiental pode chegar até 36 meses

0

Trecho da avenida está interditado (Foto: Arquivo Infonet)

O estudo de impacto ambiental na 13 de julho pode durar até 36 meses segundo informou o secretário Municipal do Meio Ambiente, Eduardo Matos. O estudo compreende a modelagem matemática da área, avaliação dos impactos provocados pela obra no meio físico e biológico, bem como medidas mitigadoras ou compensatórias para os possíveis impactos.

De acordo com o secretário, Eduardo Matos, por enquanto, não há inicio das obras. “O estudo do impacto ambiental vai ter uma dinâmica de 24, 48 ou até 36 meses. Então nós vamos seguir esse caminho normal, mas a obra não está liberada. O que nós pedimos é que fosse dada a licença de instalação concomitante com o estudo, mas isso não foi feito. Então nós iniciamos os estudos. O compromisso da prefeitura é só fazer a obra com a proteção ambiental e vamos aguardar a decisão judicial. Há uma interdição ali porque é o risco, o laudo pericial do perito Emerson carvalho é contundente e há ameaça de ruína da estrutura”, diz Eduardo.

No dia 6 de junho haverá uma audiência de conciliação com o juiz Eduardo Portela para discutir a questão. "Vamos preparar uma análise de risco e apresentar dia 6 na audiência de conciliação", afirma Matos.

Segundo o secretário, todos os estudos de impacto estão em andamento principalmente quanto ao estudo da modelagem física e matemática do local. “A população precisa entender que o incomodo e desconforto é para a proteção do conjunto. Incomodo e desconforto seria coletar cadáveres fruto de um acidente que poderia acontecer naquele local”, alerta Eduardo Matos.

IATE

Indagado quanto à discussão em torno da possível transferência do Iate Clube e demais bares da localidade por conta do estudo ambiental na avenida 13 de Julho, o secretário informou que tudo será analisado. “Vamos estudar, mostrar os reflexos, agora o Iate é uma entidade privada e na audiência nós vamos apresentar já estudos preliminares dando conta do que pode acontecer. Aquela estrutura na engenharia é um roncamento, pedras de engenharia que visa proteger das pancadas das ondas e com os pontilhões suavizar essa intensidade. Vamos dizer para onde essa energia dispersada vai e essa é a finalidade da modelagem física e matemática, mas na minha visão protege o Iate e os bares”, informa.

Por Aisla Vasconcelos

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais