Evento do Cefet aborda risco de incêndios e explosões nos edifícios

0

Foto: Ariosvaldo Isaias (JB)
Edifício Joelma: Incêndio, em 1974, provocou a morte de 188 pessoas
O crescimento vertiginoso do número de edifícios, principalmente residenciais, em Aracaju, bem como a história de tragédias envolvendo incêndios em prédios e a falta de conhecimento, por parte da maioria das pessoas que habitam estes lugares, são apenas algumas das razões que levaram o curso de Saúde e Segurança do Trabalho do Centro Federal de Educação tecnológica de Sergipe (Cefet) a realizar o “III Seminário ‘Os Riscos de Incêndios e Explosões nos Edifícios de Aracaju’”. O evento acontece de 31 de maio à 1º de junho.

 

Segundo os organizadores, o objetivo da discussão é avaliar os riscos potenciais de sinistros existentes nos edifícios de Aracaju e gerar, também, novos conhecimentos para a política de prevenção adotada no Estado de Sergipe. O seminário trará um engenheiro de Fogo, especializado em incêndios e explosões, do Instituto de Pesquisa Tecnológicas de São Paulo (IPT/SP), José Carlos Tomina, que também é, entre outras coisas, professor da cadeira de Proteção contra Incêndios dos cursos de pós-graduação da Escola Politécnica da USP.

 

A programação será oficialmente aberta na terça-feira, 31 de maio, às 19h30, pelo diretor do Cefet, Antônio Belarmino da Paixão. Em seguida o engenheiro Tomina profere a palestra “Segurança contra incêndios e explosões em edifícios residenciais”. Também estão previstas participações, como palestrantes, do coronel Reginaldo Moura, do Corpo de Bombeiros, e do engenheiro Nicanor Moura Neto, da Defesa Civil, e do engenheiro João Bosco Franco, do Ministério Público do Estado.

Os interessados em participar do evento, que será realizado no auditório Pedro Braz (no Cefet / SE), na própria instituição. A taxa cobrada aos estudantes do Centro é de R$ 7,00. Já estudantes de outras instituições pagam R$ 10,00. O público externo em geral, por sua vez, deve pagar uma taxa de R$ 25,00. Mais informações, sobre o evento, através dos telefones (0xx79) 9981-3868 ou 3213-0805.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais