Ex-vereador foi transferido para DHPP

0

O ex-vereador está preso no DHPP
O ex-vereador conhecido como Roberto Galo, preso acusado de assassinar com facadas a professora Ivanilde de Souza foi transferido para a Delegacia de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP). O delegado Fábio Ricardo Sobral Kano que investiga o caso disse que um professor que estava com a vítima no momento do crime já foi ouvido.

O delegado confirmou que a professora Ivanilde estava separada do ex-vereador e que o mesmo costumava difamar a vítima. Questionado sobre relatos de agressões anteriores, o delegado afirmou que até o momento não teve conhecimento se a vítima já teria sofrido agressão.

A professora tinha um filho fruto do casamento com Roberto Galo.

Crime

Um crime bárbaro de violência tirou a vida de Ivanilde de Souza. A pedagoga foi assassinada com dois golpes de faca, na cidade de Santa Rosa de Lima, distante 49 km de Aracaju. De acordo com a polícia, o ex-vereador foi preso em flagrante na madrugada do último domingo, 9, durante uma micareta.

De acordo com o delegado Leogenes Correia, o crime foi passional. “Ele premeditou o crime porque nesse dia Roberto andou com um canivete o tempo todo”, explicou o delegado.

Por Kátia Susanna 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais