Exclusivo: gangue causa medo e faz vítimas em Tomar do Geru

0

A polícia investiga gangues em Tomar do Geru Foto: Arquivo Portal Infonet
Na manhã deste domingo, 16, por volta das 8h30, um jovem identificado apenas com o apelido de “Neném” foi alvejado com vários tiros no município de Tomar do Geru, distante cerca de 130 km da capital sergipana. A tentativa de homicídio aconteceu na rua Lagoa dos Carneiros, conhecida como ‘Caçola Furada’. Segundo a polícia a localidade é conhecida pela violência.

A informação é do sargento Coutinho, que neste momento realiza diligências nas cidades vizinhas para tentar prender os suspeitos. A polícia confirmou também que o jovem alvejado é sobrinho de um homem que foi assassinado na semana passada. O caso foi mostrado pelo Portal Infonet no último dia 10 desse mês.  

Segundo informações da polícia o tio de “Neném”, identificado como José Alves de Carvalho, foi morto por engano. A polícia suspeita que os homens que mataram a vítima, retornaram na manhã deste domingo para tentar tirar a vida do sobrinho.

O homem pode ter sido assassinado por engano Foto: Cleo Menezes
De acordo com o sargento Coutinho o jovem foi baleado e encaminhado ao Hospital do município de Estância respirando com dificuldade.

A polícia não sabe ainda se o adolescente já cometeu algum crime, mas a suspeita é que os crimes estão sendo causadas por uma gangue que briga pelo tráfico de drogas na região. O Portal Infonet teve acesso aos nomes dos suspeitos, mas não vamos divulgar para não atrapalhar as investigações.

Histórico

O adolescente foi uma das vítimas de Pipita. Segundo a polícia a mãe de Neném, identificada como Gilmara, foi assassinada por Pipita em 2008.

Efetivo

Com o efetivo de apenas dois policiais, o sargento reconhece que as condições não são favoráveis, mas diz que a falta de policiais é um problema em todos os municípios sergipanos. “Fazemos o melhor trabalho possível, estamos aqui tentando dá conta de todas as ocorrências”, afirma Coutinho.

Por Kátia Susanna

Comentários