Fafen terá que pagar indenização a pescadores

0

Indenização vale por um período de 12 meses
A Fábrica de Fertilizantes Nitrogenados de Sergipe (Fafen/SE) deverá pagar a cada membro da Associação de Pescadores de Bairros e Povoados da Cidade de Maruim uma pensão de um salário mínimo durante o período de doze meses. A decisão foi do juiz José Amintas Júnior, da comarca de Laranjeiras, que entendeu que a morte de toneladas de peixes no início de outubro prejudicou o trabalho dos pescadores. O descumprimento da decisão acarretará no pagamento de multa diária no valor de R$ 2 mil.

Segundo a decisão, as 150 famílias receberão o benefício retroativamente a partir do mês de outubro. De acordo com a presidente da Associação, Agailda Vieira Gomes, eles entrarão na Justiça para que mais pescadores possam receber o salário.

A Fafen já tinha sido condenada anteriormente a construir até o final do ano tanques de contenção de resíduos para eveitar vazamentos. Para isso, ela deverá apresentar até o final desse mês um projeto de como esses tanques irão funcionar. A decisão visa impedir que possíveis vazamentos venham a prejudicar os rios e as áreas de manguezais próximas, a exemplo do que aconteceu no dia 5, quando o vazamento de amônia atingiu o Rio Sergipe.

Na ocasião, foi estimado que cerca de 700 famílias que viviam às margens do rio e que dele dependiam para manter o sustento através da pesca, foram prejudicadas com o acidente.


 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais