Falta segurança no São Conrado, dizem moradores

0

Morador não quis ser identificado
Na noite de terça-feira, 26, a unidade de Saúde da Família Humberto Mourão, localizado no bairro São Conrado, foi arrombada. O fato acabou gerando certa revolta da comunidade, por conta da falta de segurança no local.

“Nesse bairro não tem posto policial, o mais próximo fica no Orlando Dantas. Estamos aqui expostos a esse tipo de coisa”, reclamou o morador que não quis ser identificado, E. A.S.

O morador também ressaltou que não houve apenas o arrombamento do posto na noite anterior. “Teve uma creche que o contador foi roubado por ladrões, que atuam aqui na área”, relatou.

Já Wellington Góes, também morador do bairro, informou que o São Conrrado está cada dia mais perigoso. “Outro dia vários marginais passaram pela rua disparando tiros  para todos os lados. Não estamos em segurança nem dentro de casa, pois uma bala perdida pode nos atingir”, falou indignado Wellington.

Monitores foram roubados
Arrombamento

Na manhã dessa quarta-feira, 27, quando a funcionária do posto Denise Marques chegou para trabalhar, teria constatado que a porta do fundo da unidade de saúde estava aberta. “Cheguei e percebi a claridade vindo lá dos fundos, ai chamei alguns populares que já estavam aqui esperando o posto abrir, para entrarem comigo”, relatou a funcionária.

Denise teria entrado em contato com a coordenadora da unidade, para que todas as medidas fossem tomadas. “Chamamos a polícia, que teve aqui ainda pela manhã e suspendemos o atendimento por hoje”, ressaltou a funcionária.

Fundo do posto de saúde é próximo ao rio Poxim
De acordo com Denise, dois monitores foram levados, diversos materiais de exames revirados, a exemplo de laminas e álcool, além disso os invasores destruiram todo o sistema de alarme. “Acredito que eles tenham arrancado os fios após o alarme ter disparado, porque os guardas que fazem a segurança disseram que ouviram o alarme e tiveram aqui, mas como não tinham percebido nada de estranho foram embora”.

Os responsáveis pelo arrombamento teriam entrado e saído do posto de saúde pela parte do fundo, que dá acesso ao Rio Poxim. “Logo depois do muro é o rio, certamente eles fugiram por essa parte, porque não tinha como sair aqui na frente”, comentou Denise.

Segundo a funcionária, o atendimento do posto voltará ao normal nessa quinta-feira, 28.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais