Familia da jovem que foi baleada passa por dificuldades

0

Jovem toma 8 tipos de medicamentos
A família de Aline de Jesus, jovem que levou um tiro do ex-namorado, enfrenta dificuldades, três meses após o crime. Segundo a mãe da vítima, a família não está com condições financeiras para custear o tratamento da filha. “ Ela tem que tomar cerca de oito tipos de remédios, mas no posto só fornece um dos remédios”, explicou Maria de Lourdes, mãe da vítima.

Maria de Lourdes explicou que após o crime, ela precisou se ausentar do trabalho algumas vezes para acompanhar a filha. “Acabei perdendo o emprego e estou dependendo de um filho ou outro. Está muito difícil arcar com as despesas”, desabafou.

Ainda de acordo com a mãe, a jovem precisa de fraudas e de uma alimentação diferenciada. “Ela só toma líquidos e toma um tipo de leite que é bastante caro, sem contar a quantidade de fraudas que ela precisa”, relato Lourdes.

A mãe de Aline comentou que a filha está melhorando a cada dia, mas que o processo é lento. “Ela tá fazendo fisioterapia três dias por semana, no núcleo da Unit, então não tenho despesa com isso e nem com o transporte, já que eles mandam uma ambulância buscar, mas ela ainda está com um lado paralizado, um olho ainda não abriu e tem muita dificuldade para dormir”, explicou.

O crime aconteceu no último dia 10 de março, quando o jovem Irajá Rodrigues, 26 anos, atirou na cabeça de Aline e em seguida cometeu o suicídio. O fato aconteceu no bairro cidade Nova Zona norte da capital, dentro do quarto de Aline.

Comentários