Família fica refém de bandidos na Zona Sul

0

A família ficou na mira de um revólver por cerca de meia hora
Na noite dessa quinta-feira, 15, uma família viveu momentos de terror após ter a casa invadida por dois bandidos. O fato aconteceu por volta das 21h no conjunto JK, localizado na Zona Sul da capital sergipana.

De acordo com a fisioterapeuta Helena Cristina Prado Nascimento, os bandidos aproveitaram quando o irmão dela estava estacionando o veiculo na porta de casa. “Foi tudo muito rápido, eles abordaram meu irmão na porta de casa e entraram. Estava na sala com meu namorado assistindo televisão quando me deparei com a situação”, conta.

Abalada com a violência sofrida, Helena relata que somente um dos bandidos estava armado e que durante todo o tempo fazia ameaças para a família. “Um deles chegou a dizer que não estava ali para estuprar ou matar ninguém, só queriam pegar o que era deles”, diz.

Os bandidos aproveitaram a chegada de um morador e invadiram a casa Fotos: Portal Infonet
A fisioterapeuta esclarece que os bandidos, um branco e outro negro, aparentavam ter entre 27 e 30 anos. “Um deles tinha uma tatuagem no braço direito”, conta.

Após permanecer na residência por cerca de 30 minutos os bandidos fugiram e levaram jóias, notebook, relógios, bebidas, telefones celulares e um carro modelo Celta prata de placa IAO 5820.

“Depois que notamos que não tinha mais barulho na casa, meu irmão conseguiu sair do quarto e pedir ajuda para a polícia comunitária”, destacou Helena, salientando que após roubar os pertences da família os bandidos trancaram todos no quarto.

Na manhã desta sexta-feira, 16, o delegado do Complexo de Operações Especiais Policiais (Cope), André Baronto, afirmou que o carro foi encontrado no município de São Cristovão. Segundo o delegado a polícia está realizando diligências para prender os assaltantes.

O caso está sendo investigado pela equipe da Delegacia Plantonista.

* A matéria foi alterada ás 10h50 para acréscimo de informações

Por Kátia Susanna

Comentários