Familiares de homem morto no Parque dos Faróis são ouvidos no DHPP

0
O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), é responsável pela investigação do caso. (Foto: arquivo/ ASN)

A Secretaria de Segurança Pública (SSP), através da Polícia Civil, informou nesta quinta-feira, 14, que a irmã e a ex-esposa de Adir Mizael dos Santos, morto no Parque dos Faróis em 11 de janeiro, foram ouvidas do Departamento de Homicídio de Proteção à Pessoa (DHPP). Ainda segundo a SSP, outros familiares e testemunhas do crime foram ouvidos ao longo desta semana.

“O que está sendo tratado no inquérito é de caráter sigiloso. Somente ao final das investigações a Polícia Civil dará os detalhes”, informou a Assessoria do órgão. Ainda segundo ela, o Inquérito Policial segue o rito normal sob a condução do delegado André Gouveia.

Relembre

A Polícia Civil iniciou as investigações sobre o homicídio de um homem de 40 anos ocorrido na tarde da última segunda-feira, 11, no Parque do Faróis, em Nossa Senhora do Socorro.  A vítima foi identificada como Adir Mizael dos Santos. O suspeito do assassinato fugiu e ainda não foi identificado. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP), o Inquérito Policial foi aberto no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa e a investigação será conduzida pelo delegado André Gouveia.

por João Paulo Schneider 

Comentários