Fapitec divulga lista final dos aprovados do Programa Centelha

0
Na próxima fase cada participante irá desenvolver um projeto de fomento (Foto: Arthuro Paganini)

A Fundação de Apoio à Pesquisa e à Inovação Tecnológica do Estado de Sergipe (Fapitec) divulgou o resultado final dos aprovados na segunda fase do Programa Nacional de Apoio à Geração de Empreendimentos Inovadores (Centelha). A lista preliminar já havia sido divulgada no dia 01 de novembro. Após o período de interposição de recursos, passaram 100 projetos para a terceira e última fase do programa.

Os aprovados nesta segunda etapa elaboraram um projeto de empreendimento, no qual detalharam um plano de negócio executivo, com a finalidade de demonstrar as chances de ser criado um negócio de sucesso. Segundo a coordenadora de inovação da Fapitec, Ana Flávia Menezes, os avaliadores analisaram em cada proposta inscrita o fornecimento de valor do produto, grau de inovação, nível de domínio das tecnologias envolvidas, tamanho, abrangência, tendências, investimentos necessários, capacidade técnica e gerencial da equipe e o modelo de negócio.

“Na próxima fase cada participante irá desenvolver um projeto de fomento, com apresentação detalhada do orçamento e do planejamento de execução do projeto. Ao longo de todas as etapas são oferecidas capacitações para auxiliar o empreendedor a aprimorar seu projeto e desenvolver seu negócio”, finaliza Ana Flávia. A lista com os nomes dos aprovados está disponível no site www.fapitec.se.gov.br. Mais informações pelo do telefone (79) 3259-3007.

Sobre o Programa

Lançado em junho deste ano, o Programa Centelha Sergipe contribui para o estabelecimento da ponte entre academia e indústria no estado, já que muitas das ideias vieram de pessoas ainda na universidade, tanto de cursos de graduação, como de pós-graduação. No período de inscrições, o Centelha buscou abrir o espaço para a participação de todos os cidadãos do estado, tanto para inscrever suas ideias como para interagir com os empreendedores, consolidando assim uma forte rede de apoio ao empreendedorismo inovador.

Ao final, até 23 projetos serão contemplados, cada um com R$53 mil, não reembolsáveis,  além de outros benefícios oferecidos por parceiros do programa. Ainda, durante seis meses, essas empresas passarão por um processo de pré-incubação com suporte e capacitação para transformar suas ideias em negócios de sucesso.

Fonte: Fapitec/SE

Comentários