Fazendo escola

0

Um, o ministro da Educação Cristóvão Buarque foi demitido por telefone, quando se encontrava em Portugal. Outro, o secretário da Educação foi demitido numa indiscrição da Primeira Dama, numa entrevista pelo rádio. Pois o senhor José Carlos Teixeira corre o risco de ser demitido por colunas de jornal. É que, ontem, pela coluna de Rita Oliveira, na “Gazeta de Sergipe”, matéria assinada pela jornalista Cássia Santana, dona Maria do Carmo Alves mandou o recado curto e grosso para o ainda titular da Cultura: “Cuide de sua pasta e deixe de fazer fofocas”. É que o secretário, mais uma vez, acusou o governo de ter retirado 30 cargos em comissão da Cultura e repassado para a Secretaria de Combate a Pobreza. É uma insinuação que dona Maria não gosta, até porque o governo cria e extingue os cargos em comissão que quiser, na hora que quiser. Caberia ao secretário sensibilizar o governador para retornar um ou mais cargos. Não há dúvida que o senhor Teixeira anda bulindo em cada vespeiro… Por Ivan Valença

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais