Fecomse participa de rodada de negociação com setor patronal lojista

0
O encontro ocorreu na sede da Câmara dos Dirigentes Lojistas – CDL -, em Aracaju. (Foto: Divulgação)

A Federação dos Empregados no Comércio e Serviços do Estado de Sergipe (Fecomse), representando os sindicatos dos trabalhadores lojistas, reuniu-se na manhã desta quinta-feira, 1, com o setor patronal para dar continuidade ao processo de negociação das convenções coletivas de trabalho.

O encontro ocorreu na sede da Câmara dos Dirigentes Lojistas – CDL -, em Aracaju, e contou com a presença de Ronildo Almeida, presidente da Fecomse; Gilson Figueiredo, presidente do Sindicato dos Lojistas; e Luan Almeida, da assessoria jurídica da Federação.

“Entendemos ser um momento de dificuldades, principalmente para os trabalhadores, e o que a gente espera da classe patronal é que os honre seus compromissos, saldando as dívidas que tem com seus empregados. Dívidas que incluem não só reajustes salariais, mas melhorias nas condições de trabalho”, destaca Ronildo Almeida.

O dirigente sindical relembra que a pauta de reivindicações dos trabalhadores foi entregue ao setor patronal em novembro passado – a data-base da categoria é 1º de janeiro -, e recentemente houve a apresentação de uma proposta pelo empresariado. “Os pontos propostos pelo patronato ainda não satisfazem, não contemplam as demandas dos trabalhadores, mas podem servir de referência para avançar no processo de negociação. Esperamos chegar a um bom termo”, avalia Ronildo Almeida.

“É importante frisar que nenhuma empresa sobrevive sem a força da mão de obra do trabalhador, portanto, condições de trabalho adequadas e melhorias salariais são as contrapartidas pela força da mão de obra da classe trabalhadora. Esperamos continuar com um processo de negociação respeitoso e que traga efeitos positivos para a vida dos trabalhadores”, ressalta Almeida.

Fonte: Ascom/Fecomse

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais