Feira de Pescados de Aracaju começa nesta quarta-feira, 27

A feira acontece entre os dias 27 e 29 na capital sergipana (Foto: Felipe Gooettenauer)

A Feira de Pescados já virou tradição na Semana Santa para quem reside na capital. Em sua quinta edição este ano, o espaço dedicado ao comércio de peixes, crustáceos e mariscos, promovido pela Prefeitura de Aracaju, por meio da Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb), acontece de 27 a 29 de março, na praça Hilton Lopes, localizada entre os mercados Maria Virgínia Leite Franco e Thales Ferraz, na área central da capital.

“Assim como em anos anteriores, iremos ofertar estruturas que promovam conforto e comodidade aos feirantes e consumidores que adquirem tradicionalmente esses produtos neste período. Por esta razão, o processo de montagem terá início na tarde de hoje com a fixação dos toldos e segue até amanhã, 26, com a instalação das 80 bancas no espaço projetado de modo a manter a organização e qualidade dos produtos que serão dispostos”, explicou o presidente da Emsurb, Bruno Moraes.

Além da região central, os aracajuanos das zonas Norte e Oeste da capital também terão à disposição outros locais exclusivos para a venda de pescados. Nos dias 28 e 29, os moradores do Bugio poderão encontrar o peixe fresco em 40 bancas fixadas ao lado do Mercado Municipal Miguel Arraes. Já no dia 29, feriado de Sexta-feira da Paixão, será a vez do bairro América receber a tradicional feira, contando com 20 bancas que serão estruturadas junto ao Mercado Municipal Roberto Silveira, situado na rua Haiti. Todas as feiras irão funcionar das 6h às 12h.

Quanto à ocupação das bancas, o diretor de Espaços Públicos e Abastecimento da empresa, Bira Rabelo, informou que será feita por permissionários e feirantes que já foram cadastrados previamente pela Emsurb. “A alocação dos comerciantes será definido em sorteio na véspera de funcionamento das feiras, para que cada um saiba em qual banca vai poder comercializar suas mercadorias”.

Para a limpeza dos ambientes, a empresa municipal contará com duas equipes fixas, totalizando cerca de 30 agentes. Já o descarte dos resíduos será feito através de 20 contentores distribuídos estrategicamente e uma caixa estacionária de 5m³. Além do recolhimento do lixo, todos os dias após o encerramento das atividades será efetuada a lavagem dos espaços para deixar tudo em ordem.

Fonte: Ascom/PMA

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais