Feministas farão ação de proteção contra Covid no Santa Maria

0
A escolha do bairro Santa Maria para realizar esta ação no próximo domingo não foi aleatória

No dia 14 de março, data do aniversário de 3 anos do assassinato da vereadora Marielle Franco, a luta contra o machismo e pelo Fora Bolsonaro vai à Feira do bairro Santa Maria. A partir das 7h30 da manhã, feministas do Fórum de Mulheres de Sergipe – formado por 44 entidades, entre as quais a Central Única dos Trabalhadores (CUT) – estarão construindo esta ação junto às catadores e catadores de Mangaba da região do 17 de março, em Aracaju.

Lideranças sindicais, do movimento social e feministas autoproclamadas que compõem o Fórum de Mulheres de Sergipe vão distribuir, na feira do bairro Santa Maria, kits de proteção contra a Covid: álcool em gel e máscaras.

A escolha do bairro Santa Maria para realizar esta ação no próximo domingo não foi aleatória. Segundo levantamento feito pelo Conselho Municipal dos Direitos da Mulher de Aracaju, Santa Maria é o bairro com maior número de casos de violência, seguido pelos bairros Santos Dumont, São Conrado e Farolândia. O assunto foi motivo de audiência pública on-line, na Câmera dos Vereadores, realizada no último dia 8 de março.

Dirigente da CUT Sergipe, a professora Joelma Dias também é presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher de Aracaju. Durante a audiência, Joelma apresentou o Plano de Enfrentamento à Violência contra a Mulher às vereadoras Ângela Melo, Linda Brasil, Sheila Galba e Emília Correia.

“Como já se sabe, os números da violência doméstica na pandemia aumentaram. Entre 2019 e até 20 de novembro de 2020, em plena Pandemia, foram registrados 254 casos de violência contra mulheres, 159 casos de violência psicológica e 194 casos de violência sexual, além do aumento dos casos de suicídio entre mulheres. As mulheres vítimas de violência, em sua maioria, são negras com faixa etária entre 20 e 59 anos. Apresentamos o Plano às vereadoras. Todas confirmaram o apoio a esta luta. Mas, obviamente, é preciso dialogar com a sociedade”, resumiu Joelma.

No dia 20 de março, às 16h, haverá uma live política-cultural no canal do youtube do Fórum de Mulheres de Sergipe.

Fonte: CUT/SE

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais