Feriadão: fluxo de pessoas é intenso nas rodoviárias da capital

0
Elisabeth destaca que a previsão é que até a próxima segunda-feira, 22, passem pela ‘rodoviária nova’ cerca de 12 mil pessoas (Foto: Portal Infonet)

Mais um feriadão chega e com ele a oportunidade de ter mais um tempinho de descanso. Para aproveitar cada minuto dessa folga extra, alguns sergipanos já estavam nos terminais rodoviários logo nas primeiras horas desta quinta-feira, 18. Os terminais Governador José Rollemberg Leite, conhecido como ‘rodoviária nova’, e o terminal Governador Luiz Garcia, conhecido como ‘rodoviária velha’, apresentaram grande fluxo de pessoas durante todo o dia.

Segundo Elisabeth, os principais destinos são municípios do interior do estado (Foto: Portal Infonet)

Segundo a supervisora administrava da Socicam, Elisabeth Gomes, o número do fluxo de pessoas tem surpreendido. “Certamente amanhã terá mais gente. Porque hoje muitas pessoas ainda trabalham”, avalia. Elisabeth destaca que a previsão é que até a próxima segunda-feira, 22, passem pela ‘rodoviária nova’ cerca de 12 mil pessoas. “Em períodos assim, nós sempre deixamos uma reserva extra de 30 ônibus para usarmos em caso de necessidade”, explica.

Ainda segundo Elisabeth, os principais destinos são municípios do interior do estado. “Como a Páscoa remete a família, muitas pessoas vão visitar os parentes no interior”, diz. Ela informa que os lugares mais procurados são Lagarto, Neópolis, Itabaiana e Tobias Barreto. “A procura por outros estados é pequena. Mas há uma preferência por Salvador e Recife”, diz.

‘Rodoviária velha’

O fluxo de pessoas na ‘rodoviária velha’ também é intenso (Foto: Portal Infonet)

No Terminal Governador Luiz Garcia, o cenário é o mesmo. Um grande fluxo de pessoas e uma frota especial para atender a população. Lá também os interiores do estado são a preferência para muitos que querem aproveitar a oportunidade do feriadão para descansar junto à família.

Hora de descansar

Os amigos Paulo Vinícius, Brenda Laíse e Moisés decidiram de última hora viajar para o município de Santana do São Francisco. Segundo eles, em virtude da rotina atribulada por causa dos estudos, eles acabam tendo pouco contato com a família. “Às vezes eu passo um mês sem ver meus pais”, diz Paulo. Com esse feriadão, contudo, ambos esperam matar a saudade ao lado da família.

Estudantes aproveitam vão aproveitar o feriadão para descansar (Foto: Portal Infonet)

“Eu só converso com meus somente pais pelas redes sociais”, conta Brenda. Por isso que em datas como esta ela valoriza a oportunidade que tem de poder está mais próximo da família. “Vou aproveitar para descansar bastante e dormir muito também”, brinca.

por João Paulo Schneider  e Verlane Estácio

Comentários