Festival do Punka começa com sucesso

0

O Festival do Punka, que começou na noite dessa sexta-feira, 27, se lançou com muito sucesso, trazendo à Aracaju o melhor da música e da cultura independente. A estimativa é de que na abertura do evento estiveram presentes cerca de 1500 pessoas. “Hoje o Punka não tem hora para acabar. Nós vamos ficar até a hora que a última pessoa quiser ir embora. Esperamos também que este número de pessoas chegue ao dobro, ou o triplo, porque hoje a programação é de muito pop”, diz Bruno Montalvão, assessor de imprensa do Punka 2002. Considerado o maior festival independente do Brasil, o Punka tem, na noite desse sábado, em sua programação, as bandas NaurÊa, Vallium, Flüster, Maria Scombona, Warlord, Karne Krua, dentre outras atrações nacionais. Nessa sexta edição – Punka 2002: a evolução – o festival está reunindo um total de 20 bandas, sendo que 8 são de fora, a exemplo da Autoramas, do Rio de Janeiro; Retrofoguetes, Brincando de Deus e Doykod, ambas da Bahia; Hanagorik, de Permanbuco; Xique Baratinho, de Alagoas; Street Bulldogs, de São Paulo, dentre outras. Além da apresentação das bandas, o Espaço Emes – com capacidade para mais de 15 mil pessoas – estará com o Palco Evolução, com apresentação das principais bandas do cenário alternativo nacional; Palco Alternativo, dedicado às bandas locais emergentes; Espaço Radical, destinado à pratica de esportes radicais, tais como rappel, climbing, skateboard, etc; Punkatronics – tenda com apresentações de DJs e bandas eletrônicas indicando as maiores tendências eletrônicas locais. Maiores informações pelos telefones (0xx79) 9992-3801 (Hilton) ou diretamente no site do evento: www.punka.com.br.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais