Filho golpeia mãe na cabeça com cadeado

0
Foram registrados 5 casos de violência doméstica em dois dias (Foto ilustrativa: arquivo Portal Infonet)

As Delegacias Plantonistas de Sergipe registraram cinco casos de ameaça e violência doméstica nesse fim de semana. Em todos, os acusados são homens. Em dois deles, filhos agrediram verbal ou fisicamente as mães. Os crimes foram registrados em Aracaju, São Cristóvão e Nossa Senhora do Socorro.

No sábado, 25, a vítima foi uma mãe de 49 anos. De acordo com ela, o filho chegou em casa embriagado, colocou um cadeado na ponta de uma corda e a golpeou na cabeça. Após o ataque, a vítima foi socorrida, teve a cabeça enfaixada e depois, levada à delegacia. Segundo ela, as agressões a ela e ao filho de 17 anos são comuns. O acusado foi preso no local por policiais militares.

Ainda no sábado, outra mãe prestou queixa contra o filho. A denunciante diz que o homem chegou em casa ameaçando bater na neta da vítima [e filha do acusado], além de xingar a mãe. Quando a filha conseguiu chamar a Polícia Militar, o homem a ameaçou de morte. Até a chegada dos policiais, ele foi amarrado pelo irmão com uma corda. Segundo a vítima, esse tipo de atitude é recorrente já que o homem é viciado em drogas.

No domingo, 26, uma mulher precisou sair correndo de casa com a filha de um ano porque o ex-companheiro ameaçou mata-la com uma faca. A vítima se escondeu na casa vizinha, onde o acusado conseguiu entrar quebrando a cerca e a porta, mas não alcançou a mulher. Momentos depois, a PM chegou e prendeu o homem.

Em outro caso, o agressor foi o atual companheiro. A mulher conta, em boletim de ocorrência, que além de agredida, foi ameaçada e xingada. A Polícia Militar também foi acionada e levou o acusado.

No mesmo dia, outra mulher era agredida com socos no rosto pelo homem com quem é casada há mais de 30 anos. quando os policiais chegaram, o acusado ainda desacatou os agentes e ameaçou de morte a vítima.

por Jéssica França
Com informações da SSP

Comentários