Filosofia e Sociologia serão obrigatórias no Ensino Médio

0

A partir do próximo ano os Estados serão obrigados a incluir na grade curricular das suas escolas as matérias de sociologia e filosofia. A medida foi aprovada por unanimidade pelo Conselho Nacional de Educação (CNE) na sexta-feira, dia 7 de julho. A resolução se aplica tanto a instituições privadas quanto públicas de ensino. 

Sergipe também terá que fazer a inclusão dentro do prazo estabelecido. Se antes filosofia e sociologia eram matérias de “conhecimento” e dadas dentro de outras como história, agora elas terão carga horária e grade próprias. 

“Será necessário fazer um levantamento dos professores que dispomos para ocupar as vagas necessárias. Ainda não temos dados de quantos profissionais temos disponíveis para lecionar as disciplinas. Por enquanto, docentes de ciências sociais e pedagogos poderão lecionar até que o Estado consiga completar o seu quadro”, afirmou Eliane Pinheiro, Chefe da Divisão Pedagógica do Ensino Médio (Secretaria de Estado da Educação).

Para os profissionais de filosofia e sociologia a medida pode aumentar o número de vagas disponíveis no mercado. Segundo a socióloga Lavínia Souza Cruz, “a medida é muito boa para os profissionais”. Ela afirmou ainda que  deveria ser ampliada  para o ensino fundamental . “Antes, nós sociólogos tínhamos nosso campo de atuação restrito às universidades, agora poderemos expandir o nosso mercado de trabalho”, declarou.

Para o licenciado em filosofia José Francisco Santos, o principal benefício será para os estudantes, que terão a oportunidade de estudar uma disciplina capaz de estimular o senso crítico e a reflexão. “Defendo a resolução pela importância da filosofia na vida de todos, acho muito interessante e útil que ela seja obrigatória”, defendeu.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais