Fiscais são acusados de agredir e cobrar propina de ambulantes

0

Com a confusão gerada ontem, 11, na região dos mercados envolvendo ambulantes e fiscais da Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb) vieram à tona denúncias de cobrança de propina e agressões por parte dos fiscais.

O incidente desta terça-feira ocorreu depois que os fiscais apreenderam produtos que estavam sendo comercializados, supostamente de forma irregular. Os ambulantes inconformados discutiram com os funcionários da Emsurb e houve agressões mútuas. A polícia foi acionada e dois ambulantes foram detidos e levados a 2° Delegacia Metropolitana, onde prestaram depoimento e logo após foram liberados.  

 

De acordo com o diretor presidente da Emsurb, Silvio Santos, em entrevista a um canal de televisão, “não há provas concretas sobre a cobrança de propina”. Em relação às acusações de violência contra os ambulantes, ele declarou que tem exigido dos fiscais um comportamento adequado. Ele explicou ainda que, “na primeira vez nos notificamos e, como alguns insistem, na segunda temos que agir com o rigor que a lei nos autoriza”.  

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais