Fiscalização das novas regras do capacete começa em fevereiro

0

Motociclistas terão que se adaptar até dia 1° de fevereiro
As novas regras para a utilização do capacete entram em vigor efetivamente a partir de hoje, 2, primeiro dia útil do ano, mas a fiscalização e autuação dos motociclistas em Sergipe só deve começar a partir do dia 1° de fevereiro.

 

O objetivo, de acordo com o diretor de operações do Detran, Aristóteles Fernandes, é dar um tempo para os condutores se atualizaram. Até lá serão feitas abordagens apenas com o objetivo de informar sobre as novas regras que, segundo a resolução 203 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), passaram a vigorar desde ontem, 1º.

 

“Queremos dar maior publicidade à resolução. Não podemos começar a punir sem dar conhecimento, e nosso objetivo não é pegar o motociclista de surpresa”, explica Aristóteles. Para a sexta-feira, 4, está marcada uma reunião com os órgãos fiscalizadores para acertar detalhes sobre a operação.

 

Selo do Inmetro (em amarelo) e faixas refletivas serão obrigatórios
Com as novas regras, aquele que for pego com capacete irregular irá perder cinco pontos na carteira e deverá pagar multa de R$ 127. Além disso, aquele que for pego sem capacete receberá punição mais severa com a perda de sete pontos na carteira e pagamento de multa no valor de R$ 191, 54.

 

Para se adaptar às novas regras o motociclista deve andar com capacete com selo do Inmetro, faixas refletivas na parte frontal, traseira e laterais e viseira incolor, se o capacete não possuir viseira, o condutor deverá utilizar óculos de proteção.

 

Vendas

 

Cláudio diz que vendas ainda estão fracas e que preço do capecete aumentou
Até agora as lojas especializadas não têm registrado grande procura para a troca do capacete, que desde o mês de dezembro já tem chegado com as novas adaptações de fábrica. Segundo o vendedor, Cláudio Moura, a venda maior tem sido dos kits refletivos, que contêm as quatro faixas de segurança e que custa em média R$ 6.

 

Quem utiliza capacete sem viseira pode adquirir um óculos apropriado pelo preço de R$ 50 a R$ 80. Já aquele que quiser adquirir um novo capacete dentro das normas irá desembolsar de R$ 80 a R$ 140, o valor varia de acordo com o modelo. Cláudio explica que com as mudanças o preço do capacete aumentou cerca de 10%.

Por Carla Sousa

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais