Fiscalização não detecta irregularidades na água

0

Nenhuma irregularidade foi encontrada na vistoria de hoje (Fotos: Portal Infonet)

Três órgãos verificaram qualidade da água

Alexandro explica que ligações clandestinas, eventualmente, podem comprometer qualidade da água

Três estações da Companhia de Saneamento de Sergipe (Deso) foram vistoriadas na manhã desta quinta-feira, 23. A ação, realizada pelas vigilâncias ambientais municipal e estadual a pedido do Mnistério Público do Estado teve como objetivo verificar a qualidade da água fornecida aos aracajuanos.

Os trabalhos foram iniciados em uma audiência feita pela promotora de justiça Euza Missano, da Promotoria dos Direitos do Consumidor, em que foi solicitada a verificação da potabilidade da água que abastece a capital.

A necessidade de verificação surgiu por causa da Fiscalização Preventiva Integrada (FPI/SE), coordenadas pelos ministérios públicos Estadual e Federal. Durante essa ação foram encontrados alguns problemas no sistema de abastecimento de Brejo Grande e a Deso firmou um termo de ajustamento de conduta (TAC) para regularizar o local.

Hoje, nenhuma irregularidade foi encontrada, de acordo com o gerente de Vigilância em Saúde Ambiental Alexandro Bueno. ”Nas estações sempre encontramos qualidade satisfatória”, diz. "Eventualmente pode ocorrer problemas na rede de abastecimento, principalmente devido a ocorrências de ligações clandestinas porque ocorre infiltração de um material e compromete a qualidade da água", ressalta. Outras amostras serão enviadas ao Laboratório de Referência (Lacen) para a certificação completa.

Foram visitadas as estações Poxim, localizada no município de São Cristóvão; João Ednaldo e na Cabrita, ambos em Nossa Senhora do Socorro.

por Jéssica França 

Comentários