Fluxo de veículos aumenta e eleva número de acidentes nas rodovias

0

Diversos fatores contribuíram para o aumento do fluxo de veículos nas rodovias federais e estaduais, entre eles está o impulsionamento das vendas de automóveis neste ano de 2007 e a crise no setor aéreo que obriga muita gente a preferir pegar a estrada para as viagens de fim de ano. Por conta disso, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) registrou um crescimento nos números de acidentes na Operação Natal, realizada do dia 21 até às 24h do dia 25. 

Ao todo foram registrados 18 acidentes sendo nove com vítimas e nove com danos materiais. Dentre as vítimas seis tiveram lesões graves, 10 lesões leves e duas faleceram. Em 2006, a Operação Natal, que teve um dia a menos do que este ano, totalizou 10 acidentes, uma morte e dois feridos graves. De acordo com informações da PRF, proporcionalmente os registros de acidentes aumentaram.

Outro fator que contribuiu para o aumento das estatísticas são as obras nas rodovias, por conta disso todos os dias ocorrem engarrafamentos e nos dias mais críticos, como no início deste fim de semana, foi preciso paralisar as obras. Além disso, a falta de atenção dos condutores contribui bastante para a ocorrência de acidentes que envolvem em sua maioria veículos de passeio e de carga. 

O último acidente grave registrado ocorreu na manhã de ontem, 25, e ocasionou a morte de João Batista do Santos, 42 anos. Ele faleceu no local depois de uma colisão frontal entre o carro em que estava, um Celta de placa HZW 1207, com um caminhão, placa HZE 1216, na BR 235 km 70,6 na cidade de Frei Paulo.

Rodovias Estaduais

Enquanto isso, nas rodovias estaduais fiscalizadas pela Companhia de Polícia Rodoviária Estadual (CPRv), durante a “Operação Natal com Trânsito Seguro” não foi registrado nenhum acidente com vítima fatal. A operação ocorreu do dia 22 ao dia 25 e houve o registro de 10 acidentes, com sete vítimas com lesões leves.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais