Fontes quer anular votações do Congresso dos últimos dois anos

0

Ontem, o deputado federal João Fontes, vice-líder do PDT na Câmara, apresentou um requerimento pedindo que todas as votações do Congresso nestes dois anos e seis meses sejam consideradas inválidas, caso sejam comprovadas as denúncias de compra de parlamentares feitas pelo deputado Roberto Jefferson. “Não tem sentido validar tudo o que foi votado pelo atual Congresso, pois foram votações direcionadas pelo governo”, argumentou Fontes.

 

Entre os projetos do governo federal aprovados, ele cita a contribuição previdenciária do servidor aposentado, a Lei de Falências e a prorrogação da CPMF. Ele disse que também irá ingressar com uma ação no Supremo Tribunal Federal (STF) para que as votações do Congresso, desde a posse do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, sejam consideradas nulas.

 

Fontes explicou, além disso, que de certa forma já sabia do que havia acontecendo na Câmara, pois “essa história de mensalão para deputados sempre foi algo comentado nos corredores do Congresso”, afirmou.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais