Frente de Mobilidade se opõe à sanção de reajuste

0
Ato tem o objetivo de denunciar aprovação do reajuste (Fotos: Portal Infonet)

Representantes da Frente de Defesa da Mobilidade e Transporte Público se reuniram na tarde desta segunda-feira, 13, para mobilizar a população contra o aumento da tarifa de ônibus. Na iminência da sanção do prefeito João Alves Filho (DEM) à medida que fixa o novo preço da passagem, o movimento tem o intuito de questionar a aprovação dos vereadores ao reajuste, ocorrida no último dia 7.

“Vamos realizar uma panfletagem no intuito de chamar a atenção da população sobre o aumento. Estaremos aqui também na quarta-feira [15] e sexta-feira [17] para denunciar a postura dos vereadores, que ignoraram a planilha de irregularidades apresentada pelo movimento”, afirma Flávio Marcel, coordenador de comunicação do movimento.

Flávio salienta a insatisfação dos manifestantes em relação à postura da Guarda Municipal no último dia 7, durante a Sessão da Câmara Municipal de Aracaju (CMA) que aprovou o reajuste. “Fomos impedidos de entrar na Câmara sob a alegação de que a sessão seria restrita a convidados especiais. Fica a pergunta: quem são esses convidados? Além disso, o regimento interno foi desrespeitado. A Câmara é a ‘casa do povo’, e a postura truculenta da Guarda apoiada pelos vereadores é antidemocrática”, diz.

Manifestantes usaram cartazes e panfletos

O coordenador destaca a intenção do movimento de iniciar ações jurídicas em decorrência da ação de contenção. “Ainda iremos debater esta possibilidade. Ao longo da semana, vamos fortalecer nossas propostas. Estamos iniciando com um diálogo com a população, mas não descartamos medidas mais enérgicas. Ainda não fomos recebidos em momento algum pelo prefeito, e essa é uma de nossas pautas”, expõe.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais