Funcionários da Azaléia teriam encontrado larvas na comida

0

As larvas teriam sido encontradas na comida (Fotos: Divulgação)
Funcionários da Fábrica Azaléia localizada no município de Ribeirópolis garantem ter se deparado com larvas na comida servida no jantar. O Sindicato dos Trabalhadores na Indústria Têxtil (Sinditêxtil) lamenta que por conta de os funcionários terem tirado fotos, tenham sido demitidos. Na fábrica a informação é de que se trata de grãos de arroz semelhantes às larvas.

De acordo com o presidente do Sinditêxtil, Gizeldo Santos, funcionários encontraram larvas de insetos no jantar há alguns dias. “O problema foi levado à direção da empresa que prometeu tomar providências, mas na última quarta-feira, 4, o fato voltou a ser registrado. O pior é que, como os trabalhadores da Azaléia de Ribeirópolis fotografaram as larvas na comida, cinco pessoas foram demitidas”, lamenta Gizeldo Santos.

Ele disse ainda que o sindicato vai encaminhar as fotos à Vigilância Sanitária para que seja realizada uma vistoria na fábrica. “A diretoria concordou com a fiscalização da Vigilância Sanitária Estadual e Municipal, mas as demissões não serão revertidas”, ressalta.

Contraponto

A reportagem do Portal Infonet entrou em com o Setor de Recursos Humanos da Azaléia e a informação é de que já houve o aviso ao Sinditêxtil de que não se trata de larvas, mas de grãos de arroz semelhantes, inclusive com o mesmo formato. E que por questões de segurança,  a comida foi acondicionada em um freezer e o material foi encaminhado para um laboratório para que seja analisado.

Quanto às demissões, a empresa informou que “tudo já foi passado para o sindicato e ainda que não não vai se pronunciar enquanto não for liberado o resultado da análise laboratorial”.

Por Aldaci de Souza

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais