Funcionários da Torre fazem nova manifestação

0

Torre é denunciada por sindicalistas (Foto: Portal Infonet)

Os funcionários da Torre Empreendimentos, empresa responsável pela limpeza pública da capital sergipana, realizaram nova manifestação na manhã desta sexta-feira, 31, e interromperam o tráfego de veículos na avenida Heráclito Rollemberg, no São Conrado.

De acordo com informações do vice-presidente da Força Sindical, Alexandre Delmondes, os operários ficaram indignados com o tratamento dispensado pelos representantes da empresa contra sindicalistas que tentavam mobilizar os trabalhadores no início do expediente para a assembleia geral a ser realizada no final da tarde desta sexta-feira, 31.

Alexandre informou que os sindicalistas usavam um carro de som divulgando a assembleia geral quando foram surpreendidos por veículos da própria empresa que foram estacionados em pontos estratégicos da rua que dá acesso à sede, visando impedir a circulação dos sindicalistas no veículo. “Então houve mais uma vez a explosão de revolta pela represália da empresa”, considerou o vice-presidente da Força Sindical.

Nesta sexta-feira, 31, os funcionários da Torre Empreendimentos se reunirão em assembleia geral na sede da Força Sindical para discutir os problemas trabalhistas que a categoria enfrenta. Segundo Alexandre Delmondes, a empresa tem se recusado a pagar gratificação a título de insalubridade, não oferece os equipamentos de segurança necessários para a atividade, os fardamentos estão inadequados e avariados, além de ocorrer assédio moral e perseguição. “Hoje mesmo houve assédio moral na medida que eles colocaram caminhões atravessados na pista para impedir a circulação do carro de som do sindicato”, explica o sindicalista.

O Portal Infonet tentou ouvir representantes da empresa em Sergipe, mas não obteve êxito. Uma auxiliar da direção da empresa, que se identificou como Cemira informou que a pessoa que poderia falar sobre o assunto estaria ausente. Ela se comprometeu em manter contato com o representante da empresa para que ele pudesse atender à equipe de reportagem, mas até o momento não se manifestou. O Portal Infonet permanece à disposição. Informações devem ser enviadas por e-mail jornalismo@infonet.com.br ou por telefone (79) 2106 8000.

Por Cássia Santana

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais