Funcionários do INSS fazem paralisação

0

Funcionários da Dataprev protestam contra negociações frustradas
Funcionários da Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência Social (Dataprev) pararam suas atividades nesta terça-feira, 7. A ação fez parte do Comando Nacional em protesto contra as negociações frustradas com o Governo Federal. Em ato na porta do órgão, na Avenida Ivo do Prado, os funcionários do órgão manifestaram sua indignação.

Os funcionários do INSS pedem a adequação do salário, que é reajustado de dois em dois anos, abaixo do índice da inflação. Além  disso, pedem a mudança do plano da Fundação de Seguridade Social (GEAP). “Há empregados que sofreram descontos de 400% no contra-cheque. Já entramos no Tribunal de Justiça e 

A presidente do Sindpd, Maria Conceição Torres
ganhamos a tutela, mas a empresa não efetuou o desconto”, declara a presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Processamento de Dados (Sindpd), Maria Conceição Torres.

Problemas locais

Além disso, foram apresentados os problemas locais da  administração durante uma mesa de negociação. “A má gerência do órgão já vem sendo denunciada por funcionários e usuários desde 2003, mas nada foi feito”, diz Conceição. Entre as denúncias, constam perseguições aos funcionários e mau atendimento ao cliente.

Segundo a presidente do sindicato, a direção da empresa não se manifesta quanto ao caso. “Estamos esperando o resultado das negociações. Se nada for feito, poderemos realizar paralisações por três dias ou até greve em tempo indeterminado, se a empresa mantiver essa postura”, afirma Conceição.

A reportagem do Portal Infonet entrou em contato com a assessoria de comunicação do Inss, mas até o fechamento da matéria não obteve um retorno.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais