Funcionários dos Correios podem fazer greve

0

Sérgio disse que em Sergipe pode haver greve por tempo indeterminado
Na próxima terça-feira, 25, os trabalhadores dos Correios no Estado irão realizar uma assembléia geral para discutir pontos de reivindicação dos funcionários perante a direção nacional da entidade. A classe luta contra uma possível privatização dos Correios.

Segundo o presidente do Sindicato Sérgio Lima, a proposta nacional é de paralisação de um dia. “A gente vai fazer a discussão com os trabalhadores aqui do Estado, nada impede que em nossa manifestação seja realizada uma greve por tempo indeterminado”, disse.

Sérgio disse que entre uma das reivindicações é a contratação de mais trabalhadores, principalmente na parte operacional. “Após o Plano de Demissão Voluntária (PDV), ficamos com o contingente muito baixo”, contou.

O segundo ponto de reivindicação é a participação nos lucros. “No ano passado nós recebemos, mas neste ano a direção dos correios disse que não tem recurso suficiente por conta do Plano complementar de aposentadoria, isso não tem nenhuma correlação”, afirmou.

A assembléia será realizada na sede do Sindicato dos Trabalhadores dos Correios de Sergipe (Sintect), na Rua Acre, 172 a partir da 18h30.

Por Bruno Antunes

Comentários