Fundação Renascer propõe benefícios a agentes do Cenam

0

Dia em que ocorreu a paralisação dos agentes (Foto: Arquivo Infonet)
A Fundação Renascer propôs aos agentes de segurança do Centro de Atendimento ao Menor (Cenam) alguns benefícios reivindicados pela categoria há certo tempo. As propostas foram feitas pelo diretor de segurança das unidades sócio-educativas, coronel Rocha, na manhã desta quarta, 1º, aos líderes do Sindicato dos Agentes de Segurança e Servidores da Fundação Renascer.

Segundo o presidente deste sindicato, Eziel Oliveira, a fundação se dispôs a arcar com a despesa referente ao plano de saúde dos agentes, conta que atualmente é paga pelos próprios funcionários. Outra insatisfação da categoria que pode logo ser solucionada é o pagamento de diárias referente ao transporte de internos para cidades do interior.

“Nós somos responsáveis por essa segurança quando o deslocamento é dentro da cidade, mas quando é para fora de Aracaju os policiais militares é que são designados e acabam recebendo essa diária. O coronel Rocha disse que a fundação comprometeu-se a assinar uma portaria na qual as diárias seriam concedidas aos agentes que efetuassem o trabalho”, explica Eziel.

Quanto ao financiamento de cursos de capacitação, a entidade informará seu posicionamento à categoria até a manhã da próxima segunda-feira, 6, data em que os agentes se reunirão para discutir essas propostas. Nada sobre os equipamentos de proteção solicitados pelos profissionais foi comentado pelo coronel, que foi o porta-voz da fundação Renascer.

Mas o grande desejo dos agentes do Cenam é que eles sejam novamente vinculados à Secretaria de Estado de Justiça e Cidadania (Sejuc) e não mais à Secretaria de Inclusão e Desenvolvimento Social (Seides). Essa mudança garantiria mais direitos a estes servidores, mas apesar da promessa o governador Marcelo Déda ainda não enviou tal projeto para aprovação da Assembléia Legislativa (AL).      

Por Glauco Vinícius

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais