Geni Schuster é a nova desembargadora do TJ

0

Momento em que a desembargadora Geni Schuster fez o juramento de posse (Fotos: Portal Infonet)
Em uma cerimônia bastante concorrida tomou posse na manhã desta sexta-feira, 16, a nova desembargadora do Tribunal de Justiça de Sergipe, Geni Schuster. Ela foi eleita na última quarta-feira, 14, por unanimidade pelo Tribunal Pleno, mediante critério de antiguidade. A vaga que será ocupada pela juíza pertencia à Desembargadora Clara Leite de Rezende, que se aposentou compulsoriamente no mês de junho. A solenidade que aconteceu no Auditório do Pleno, no 8º andar do Palácio da Justiça.

A posse contou com a presença de diversas autoridades e personalidades do Estado como o ex-governador João Alves Filho e o presidente da Assembléia Legislativa de Sergipe, Ulisses Andrade.

Assinatura do documento de posse
Para a nova desembargadora Geni Schuster, a posse representa o reconhecimento de uma carreira dedicada à justiça. “É um passo muito importante, a desembargadora que eu estou substituído, a Clara foi a primeira mulher do tribunal. Sem menosprezar o homem de jeito nenhum a mulher tem mais sensibilidade para aplicar a justiça. Minha proposta é continuar fazendo justiça”, afirma.

Segundo a desembargadora Suzana Maria Carvalho Oliveira, o papel da Dra. Geni é anterior a magistratura. “Ela foi a primeira defensora pública do Estado de Sergipe quando essa função não era legalmente recepcionada por qualquer lei e ela beneficiava os pobres com seu trabalho”, revela.

O também desembargador Neotônio Bezerra Machado, falou que Geni Schuster vem enriquecer o trabalho da justiça sergipana na esfera de 2ª grau. “Eu tenho até razões singulares para dar o meu testemunho, pois atuei como advogado tendo a Dra. Geni como juíza. Durante muito tempo eu tive a oportunidade de trabalhar com ela sendo a julgadora de alguns dos meus processos. É uma pessoa com sensibilidade, eficiência e compromisso. Esses atributos sem dúvida nenhuma estão amalgamados em seu caráter e são aparatos indispensáveis para que alguém possa exercitar a magistratura”, diz.

O presidente do TJ Roberto Porto entregou o colar do mérito judiciário a nova desembargadora
O vice-prefeito de Aracaju, Sílvio Santos, destacou o papel da desembargadora como mais uma representante das mulheres no tribunal. “A posse de Geni é um fato relevante, primeiro porque premia uma carreira e trajetória exemplar, segundo porque valoriza o papel da mulher em nossa sociedade, esse papel já era valorizado com as ações da Dra. Geni como juíza e agora como desembargadora certamente enaltece ainda mais o papel dessa mulher corajosa e correta”, elogia.

De acordo com o procurador geral do Estado Márcio Leite Rezende que representou o governador do Estado na cerimônia, a experiência da magistrada vai ser muito importante para o tribunal. “É uma juíza com muita experiência que conhece bastante o trabalho, tem uma carreira bem preparada com vivência muito grande na área criminal. Mas obviamente a Geni é uma juíza bem preparada para outras frentes”, conta.

Por Bruno Antunes

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais