Georlize tira licença de dez dias

0

A ex-secretária de Segurança Pública pediu de 10 a 15 dias de licença para descansar e espairecer um pouco da Secretaria de Segurança Pública. Foi esse o motivo de não ter assumido a Secretaria de Justiça, que permanece nas mãos de Emanoel Cacho.

Só numa segunda etapa Georlize Telles assume a Justiça. O sr. Emanoel Cacho ganhou alguns dias de sobrevivência, mas a dúvida permanece: será ou não candidato a deputado, federal ou estadual?

Dá-se como certo que Ariosvaldo Leite, ex-presidente da Emsetur, assume a Secretaria de Desenvolvimento Metropolitano, ora dirigida por André Moura, cuja saída também ficou para depois.

Não se falou na saída de Nicodemus Falcão da Secretaria de Governo e Clóvis Silveira, da Assessoria Parlamentar. Pelo menos o primeiro é declaradamente candidato a deputado estadual.

Só na próxima semana, isto é, depois do carnaval, o governador João Alves se decide por novas mudanças agora ou se espera para 31 de março, última data para desincompatibilização.

Por Ivan Valença

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais