Gilberto Linhares é transferido para o Rio de Janeiro

0

Ontem a tarde o presidente do Conselho Federal de Enfermagem, Gilberto Linhares Teixeira, foi transferido sob a custódia da Polícia Federal para o Rio de Janeiro, em função do inquérito contra ele correr neste Estado. Ele chegou ao aeroporto de Aracaju escoltando por policiais federais e foi o primeiro a embarcar no vôo.

Gilberto é acusado, juntamente com a mulher, Hortência Linhares, presidente do Conselho de Enfermagem em Sergipe (Coren), presa em São Paulo, de três assassinatos e do desvio de mais de R$ 50 milhões do Conselho do qual era presidente.  Além deles mais13 pessoas foram presas no dia 28 de janeiro, todas ligadas a lavagem e desvio de dinheiro. A operação, que resultou na captura dos acusados, foi realizada simultaneamente em vários Estados do país.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais