Goisinho e Ana Lúcia denunciam razão da pane na antiga Prodase

0

Hoje, dia 2, o vereador Antônio Góis (PT) subiu à tribuna da Câmera de Vereadores para falar da pane que há oito dias acomete os computadores da Agência de Tecnologia de Sergipe, antiga Companhia de Processamento de Dados de Sergipe – Prodase. Segundo o vereador o problema é resultado da falta de pagamento por parte do governo estadual a empresa fabricante do computador de grande porte responsável pelo processamento dos dados.

Contudo, a denúncia não partiu só de Goisinho. A deputada estadual Ana Lúcia Menezes também leu discurso hoje, na Assembléia Legislativa, tratando do fato. Com um documento elaborado e assinado pelo Sindicato dos Trabalhadores em Informática – que segundo a deputada apresenta uma série de denúncias – Ana Lúcia disse que o comentário é de que a dívida acumulada pelo governo, passaria dos R$ 10 milhões. Essa teria sido a razão pela qual a empresa suspendeu a manutenção do equipamento, bem como a atualização do sistema operacional.

A deputada disse que a decisão de não pagar ao fabricante colocou sob constante risco o funcionamento da máquina e dos serviços processados, que já vinham sendo mantidos a duras penas pelos funcionários da empresa. “Mais uma vez os funcionários garantem que não existiu uma simples “pane técnica” o que aconteceu no computador central da antiga Prodase. Foi uma morte antecipadamente preparada e esperada. A interrupção de importantes e relevantes serviços prestados ao Ipes, ao Detran, a Polícia e as Secretarias do Governo, reafirmamos, são de exclusiva responsabilidade da direção da empresa e das malfadadas políticas do governo João Alves”, disse Ana Lúcia.

A parlamentar afirmou que no documento o Sindicato repudia também qualquer insinuação que envolva os técnicos da Prodase, que, conforme descreveu a deputada, “por anos a fio vêm prestando relevantes serviços à sociedade sergipana”. Os servidores também querem, afirmou Ana Lúcia, a imediata regularização dos serviços públicos de informática e o devido respeito técnico e administrativo aos trabalhadores em informática.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais