Governador expõe resultados de sua viagem à Europa durante coletiva

0

João Alves responde às perguntas dos jornalistas acompanhado do Secretário de Comunicação do Governo do Estado, Carlos Batalha

O governador do Estado, João Alves Filho, recebeu profissionais da imprensa em uma coletiva, na manhã desta sexta-feira, no auditório do Hotel Parque dos Coqueiros. O encontro teve como objetivo informar os resultados de suas viagem à Europa. João Alves também respondeu questões de diversos temas levantadas pelos jornalistas.

Um dos objetivos principais da viagem foi o de entrar em contato com empresários do ramo hoteleiro, para que invistam no Estado de Sergipe. “Neste primeiro momento não posso prometer nada. Pois foi apenas o primeiro contato e ainda estamos plantando uma semente, para mais tarde colher os frutos”, disse o governador.

Os países que fizeram parte do roteiro realizado pela comitiva do governo – composta pela senadora Maria do Carmo Alves e pelo secretário de turismo do Estado, Pedrinho Valadares – foram Espanha, Portugal e França, onde se encontram os maiores investidores do ramo hoteleiro, no Nordeste brasileiro.

Profissionais da imprensa sergipana acompanham a coletiva com o governador do Estado

“Inicialmente fomos a Paris, na França, pelo fato de existir um interesse de trazer para o Estado, uma das maiores redes de hotel do mundo, a Accor. Em seguida fomos a Madri, na Espanha, onde conseguimos incluir Sergipe no roteiro de visita de um forte grupo de investidores da área de hotelaria, que antes só iriam visitar a Bahia e o Ceará e, agora, por causa de alguns contatos, prometem chegar a Aracaju por volta do dia 5 de novembro. E, finalmente, fomos a Lisboa, em Portugal, para  algumas reuniões com grandes redes de hotéis, como o Pestana”, relata João Alves.

Com relação a investimentos no ramo petrolífero, o governador preferiu ainda não falar para evitar maiores discussões com os diretores da Petrobras. Segundo ele, existe um interesse  de empresas lisboetas em investir em refinarias em Sergipe, mas que por enquanto não passa de uma hipótese.

Para João Alves os resultados de sua viagem aos três países da Europa foram positivos, mas como o mesmo afirmou, existe um interesse dessas empresas em investir no Estado, proporcionando assim, uma maior geração de empregos, mas esta viagem serviu apenas como um primeiro contato, e para que as expectativas se concretizem, é preciso esperar um pouco.

Mais notícias da àrea no canal POLÍTICA & ECONOMIA.

Por Theo Alves

 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais