Governador quer levar universidade para Lagarto

0

O governador João Alves Filho anunciou, na cidade de Lagarto, na sexta-feira, 23, que as residências daquele município terão água encanada até o final do ano. Ele também disse que tem como propósito levar a Universidade Federal para Lagarto. Outra ação do governador foi assinar alguns documentos em relação a ações desportivas e educacionais.

“O esporte é o melhor caminho para afastarmos os jovens das drogas”, afirmou Alves na solenidade em que autorizou as obras de reforma do ginásio de esportes Rozendo Ribeiro, o “Ribeirão, realizada na Escola Estadual Maria Augusta Carvalho Ribeiro. No mesmo estabelecimento de ensino, participou da formatura das crianças do ABC, quando foi homenageado com uma placa.

Da escola, o governador seguiu para o Hospital e Maternidade Monsenhor Daltro, onde assinou autorização para a implantação do Projeto de Inclusão Digital, orçado em R$ 40.000. Serão beneficiados os povoados Colônia Treze, Genipapo e Nova Brasília, através de computadores que serão instalados em prédios determinados pelas associações comunitárias das localidades. A Pronese além de realizar a obra, vai treinar instrutores para que treinem moradores locais.

 

Encerrando sua visita a Lagarto, o governador assinou autorização para a realização de reformas no prédio da Associação Filarmônica Lira Popular. A cargo da Secretaria de Estado da Infra-Estrutura, as obras custarão R$ 143.000. Logo após assinar o documento, João Alves Filho conversou com integrantes da Comissão Pró-UFS, ocasião em que falou dos seus esforços em levar a UFS para aquele município, assunto que voltou a tratar com os estudantes no Palácio do Governo, às 11 horas de hoje, dia 26.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais