Governo de Sergipe paga hoje a primeira parcela do Mão Amiga Cana

Nesta edição, serão beneficiados 3.075 trabalhadores do corte da cana, com o auxílio de R$ 1 mil, dividido em quatro parcelas, correspondente aos quatro meses de entressafra do cultivo. (Foto: Ascom/SEIAS)

Até esta quinta-feira, 23, o Governo de Sergipe, através da Secretaria de Estado da Inclusão e Assistência Social (Seias) e Banco do Estado de Sergipe (Banese), promove a abertura de contas e entrega dos cartões aos trabalhadores rurais cadastrados pela primeira vez no Programa Mão Amiga Cana. Antecipada pelo Governo, a primeira parcela do benefício já fica disponível a partir amanhã, e os beneficiários podem sacar em agências e pontos Banese.

Nesta edição, serão beneficiados 3.075 trabalhadores do corte da cana, com o auxílio de R$ 1 mil, dividido em quatro parcelas, correspondente aos quatro meses de entressafra do cultivo. A abertura de contas para os novos beneficiários e as entregas dos novos cartões foram realizadas nos municípios de Japoatã, Maruim, Capela, Japaratuba, Laranjeiras, Areia Branca, Rosário do Catete e Siriri.

A secretária de Estado da Inclusão e Assistência Social, Lucivanda Nunes, destaca o reajuste do valor do benefício, aprovado no último dia 09 de junho, através da sanção da Lei nº. 9.041. “O reajuste já entrará na conta do beneficiário este mês. O objetivo destas entregas é auxiliar as pessoas que ainda não têm a conta aberta, para que elas recebam juntamente com os outros beneficiários do programa. Contamos com a parceria do Banese, que nos ajuda com os programas sociais que temos desenvolvido em nossa secretaria”, pontuou Lucivanda.

Para a trabalhadora rural Ana Cléia Santos Souza, do município de Laranjeiras, o benefício irá auxiliar toda a sua família. “É a primeira vez que recebo o Mão Amiga. Esse programa vai ajudar ainda mais porque aumentou o valor. Então, vem beneficiar não só a mim, mas como muitas famílias carentes e a minha própria família. Ajuda a comprar a cesta básica em casa, sem falar que tenho um filho também que depende muito de nós que trabalhamos”, disse Ana Cléia.

O jovem laranjeirense de 26 anos, Carlos Henrique Pereira, trabalha no cultivo da cana junto com a família e celebra o aumento do benefício concedido pelo Governo do Estado. “Laranjeiras é terra de produção de cana. Já trabalho no cultivo da cana há muito tempo, é uma coisa que vem de minha família. Esse benefício vai ajudar todo mundo, vai levar o alimento pra casa, ajudar a pagar o talão de energia. Foi uma ajuda boa que veio, foi ótimo”, completou o trabalhador rural.

O Mão Amiga é executado pelo Governo de Sergipe desde 2009, para mitigar os efeitos do desemprego sazonal que atinge diretamente os trabalhadores rurais, durante o período da entressafra dos cultivos da cana e da laranja. Em 2021, ele foi ampliado, com a vertente Pró-Sertão Bacia Leiteira, para mitigar os efeitos da estiagem na cadeia produtiva do leite. “Para nós, é uma satisfação poder anunciar o reajuste do valor da parcela, que passou de R$190 para R$250, totalizando o benefício de R$1mil após as quatro parcelas. As três vertentes – Cana, Laranja e Bacia Leiteira – passam assim a ter valores equivalentes, beneficiando as famílias que compõem a cadeia produtiva de nosso estado”, celebrou Ricardo Mascarello, diretor de Inclusão Produtiva e Cidadania (DIPC) da Seias.

Fonte: Ascom/Governo do Estado

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais