Governo quer garantir segurança neste Carnaval

0

Foto: César Oliveira (ASN)
Para que os sergipanos e turistas possam aproveitar com tranquilidade e segurança o período carnavalesco, o Governo de Sergipe, seguindo orientação do governador Marcelo Déda, montou um esquema envolvendo diversos órgãos da administração estadual com o objetivo de garantir a oferta de serviços básicos à população.

Nas cidades que recebem um grande público por conta da sua programação cultural, a Secretaria de Estado da Saúde (SES) reforçará a presença do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu 192 Sergipe). Seis ambulâncias, entre Unidades de Suporte Básico (USB) e Avançado (USA), serão distribuídas entre os municípios de Pirambu, Neópolis, São Cristóvão, Itabaianinha, Canindé do São Francisco e Itaporanga D´Ajuda, na Praia Caueira.

Além deles, a Central de Regulação Médica de Urgências, localizada em Aracaju, também entra no esquema de reforço, com a disponibilização de uma USA, com médico, enfermeiro e condutor, para dar suporte aos chamados que partirem de qualquer ponto do Estado no feriadão. 

“As viaturas extras não irão interferir nem no funcionamento normal da central de regulação nem das bases descentralizadas espalhadas pelo território sergipano”, explicou o superintendente do Samu 192 Sergipe, Edvaldo dos Santos.

Huse

O Hospital de Urgência Governador João Alves Filho (Huse) definiu um esquema de atendimento especial para o período, oferecendo atenção especial ao Pronto-Socorro, Unidade de Trauma e Centro Cirúrgico. Profissionais trabalharão por turno no plantão da área de clínica geral para atender pacientes vítimas de infarto, derrame cerebral (AVC) e intoxicação endógena (causada por drogas). Além disso, as salas do Centro Cirúrgico vão funcionar para solucionar casos mais graves na Unidade de Traumas.

O hospital ainda disponibilizará profissionais em todas as especialidades médicas, escalados para os plantões: ortopedistas, buco-maxilo-faciais (que tratam as alterações de forma e função dos tecidos moles, ossos e elementos dentários da face), neurocirurgiões, cirurgião torácico (que fica de sobreaviso) e cirurgiões plásticos.

Além desses profissionais, urologistas e pediatras, assim como equipes de enfermeiros e técnicos em enfermagem, vão se revezar em plantões ou trabalharão de acordo com a necessidade de atendimento.

Prevenção

O Programa de DST/Aids da Secretaria de Estado da Saúde (SES) também se preparou para auxiliar os municípios nas ações de prevenção às doenças sexualmente transmissíveis e ao vírus HIV durante o período carnavalesco. Ao todo, serão disponibilizados 400 mil preservativos para atender 30 municípios sergipanos que comemoram a festa.

Segundo o coordenador do programa, Almir Santana, nos municípios que recebem mais turistas, como Neópolis, Pirambu, Itaporanga D’Ajuda (Praia da Caueira) e Estância (Praia do Abaís), está sendo incentivada a adoção de uma nova estratégia para distribuição de preservativos, o monitoramento de casas alugadas ou que sirvam de alojamento para os visitantes.

Segurança

A Polícia Civil, por meio da Coordenadoria de Polícia Civil do Interior (Copci), elaborou um planejamento direcionado para as festas carnavalescas que acontecem no interior sergipano. O objetivo é apoiar o trabalho desenvolvido pelas delegacias municipais e regionais. O esquema será finalizado na quarta-feira, 17.

O efetivo empregado englobará 40 delegados de polícia, 47 escrivães e 93 agentes de polícia civil, que serão distribuídos nas cidades de Itabaiana, Lagarto, Estância, Propriá, Maruim, Canindé do São Francisco, Neópolis e Pirambu. Os policiais utilizarão 16 viaturas. Cada equipe será composta de um delegado, um escrivão e três agentes que trabalharão em turnos de 24 horas.

Já a Polícia Militar, por meio do Comando do Policiamento Militar da Capital (CPMC), irá disponibilizar 2000 homens nos carnavais que acontecem na Grande Aracaju. O efetivo será distribuído no Bloco do Rasgadinho, festa que acontece no bairro Suíça, e nos municípios da Barra dos Coqueiros, São Cristóvão e Nossa Senhora do Socorro.

Corpo de Bombeiros

O Corpo de Bombeiros, por sua vez, colocará 130 homens trabalhando em escalas extras nas cidades de Aracaju, Neópolis, Pirambu, Estância, Itaporanga, Barra dos Coqueiros, Nossa Senhora do Socorro e Canindé de São Francisco durante os dias de festa.  “As prioridades são as cidades do litoral e ribeirinhas, por conta dos afogamentos. Por isso, estaremos com guarda-vidas nessas localidades fazendo um trabalho intensivo de prevenção”, afirmou o coronel João Anselmo Alcântara de Oliveira, do Comando de Operações (COB).

Além de viaturas de combate a incêndio e de salvamento, serão empregados ainda uma embarcação e o helicóptero com profissionais do Grupamento Tático Aéreo (GTA), que também estarão dando apoio. O coronel lembra ainda que os quatro quartéis do Corpo de Bombeiros continuam funcionando normalmente durante o período de carnaval em Aracaju, Itabaiana, Estância e Nossa Senhora do Socorro, funcionando 24 horas por dia para atender à população.  

Deso

A Companhia de Saneamento de Sergipe (Deso) também montou uma estrutura especial para atendimento a emergências nas cidades durante o Carnaval. Os municípios onde a Deso estará em alerta são Pirambu, Neópolis e Itaporanga D”Ajuda e a região das praias da Caueira, Saco e Abaís, em Estância. Em cada um deles vai haver uma equipe de plantão até o fim do Carnaval, para atender situações diversas quanto ao abastecimento de água.

As equipes estarão exclusivamente preparadas para qualquer ocorrência emergencial, com o intuito de intervir de forma ágil para evitar interrupções no abastecimento. Em outros municípios, a Deso vai manter uma equipe de plantão para atender a região, como em Canindé de São Francisco, Propriá, Itabaianinha e Tobias Barreto. Qualquer tipo de solicitação ao órgão também ser feita pelo telefone 0800-079-0195.

Comentários