Greve engessa sistema de saúde

0

Preparem-se para uma semana complicada na área da saúde, por conta da paralisação dos médicos do Hospital Governador João Alves Filho. Embora as negociações com o governo do Estado estejam adiantadas, os médicos resolveram manter a paralisação e realizar um sistema de triagem no Hospital. Somente os casos considerados de urgência e emergência serão atendidos. Os prefeitos do interior do Estado e de alguns municípios baianos foram alertados para a paralisação e foram convidados a não enviarem para Aracaju e para o Hospital João Alves os pacientes que podem ser tratados nos municípios e em postos de saúde. Mesmo assim, prevê-se um dia de caos hoje no Hospital. O Hospital Universitário está parado também por greve e o Hospital de Cirurgia reduziu a mais da metade os seus atendimentos. Em suma, se ficar doente, procure outra freguesia. Paralisação de 24 horas no João Alves Filho

Comentários