Grupos artísticos do Conjunto Jardim recebem recursos de ONG baiana

0

A Rede de Agentes Culturais do Conjunto Jardins, formada por grupos artísticos da comunidade e apoiada pela Paróquia Nossa Senhora Mística e pelo Colégio Leão Magno Brasil, obteve a doação de R$ 3.360,00 para investimentos nas oficinas de expressão artística (teatro, dança e coral) e pedagógica sobre o Estatuto da Criança e do Adolescente. A doação foi realizada pela Coordenadoria Ecumênica de Serviço, ONG baiana, e o dinheiro será aplicado no pagamento de artistas profissionais que farão um trabalho de aperfeiçoamento técnico junto aos grupos já existentes, com o objetivo de melhorar o padrão de qualidade da arte realizada pelos adolescentes do Conjunto Jardim. Paralelo a este trabalho serão desenvolvidas oficinas sobre o Estatuto da Criança e do Adolescente com o objetivo de proporcionar informações no sentido de fortalecer as lutas para obter do Estado e da sociedade efetivo compromisso com o Art. 227 da Constituição Federal, que garante prioridade absoluta a criança e ao adolescente. A coordenação dos trabalhos está a cargo do Professor Zezito, que participou de experiência semelhante no Bairro América, através do Projeto Reculturarte (1989-1996) e do Padre Givanildo, pároco e atualmente assessor da Pastoral do menor da Arquidiocese de Aracaju. A Rede de Agentes Culturais do Conjunto Jardins conta também com a colaboração do Centro Sergipano de Educação Popular – CESEP – que assessorou duas oficinas pedagógicas com adolescentes – “Identidade” e “Arte e Cidadania”, e da Profint – Profissionais Integrados, que promove quinzenalmente a oficina de saúde mental. A Rede de Agentes Culturais do Conjunto Jardins mantém contatos com a sociedade Semear e com o Programa Empreendedor Cultural do Sebrae, com vistas a ampliação do Projeto. Mais informações pelo telefone 241-4853.

Comentários